quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Ela por ela

Ela tem personalidade acentuada e o gênio um tanto explosivo, fala duas vezes antes de pensar, dizem que ela é intolerante - embora ela não ouse confessar .- Ama ficar sozinha com seus livros e suas músicas, mas acima de tudo sonha, e esse é seu passatempo preferido, especialmente em dias de chuva, mas isso é uma outra história. Tem planos de viajar pelo mundo, plantar alguns filhos, escrever uma árvore - com pretenções de sucesso. - e plantar um pouco de livros.
Sempre se achou uma menina um pouco senhora, uma velha de pouca idade, mas há quem pense que se tornará uma velha menina quando amadurecer.
Ama tudo o que faz, mas se entedia facilmente, faz algumas coisas que não concorda, e jura não mais repeti-las, mas basta outro dia, e a promessa se esvai.
É amiga dos amigos, temperando cortesia com seu gênio apimentado, sente uma imensa dificuldade de se manter imparcial, quando de trata de alguém de seu afeto. Política com seus inimigos? Isso é extremamente improvável, devido a incompatibilidade com sua psicologia, e a terrível inclinação que tem a só fazer o que quer.
Mas acima de tudo é amável, tem valores forte e tradicionais, é alegre e falante, mas para quem não a conhece, pensa que ela está brava ou contrariada pelo simples fato de não estar sorrindo ou falando.
Entre tantos outros defeitos e encantos ela é mais ou menos assim.

Um comentário:

Ronaldo Cordeiro disse...

Quis fazer dessa menina um local de descanso e acabei ficando, e espero nunca sair. Espero estar junto da viagem pelo mundo, os filhos e as arvores... Te amo...